Forjamento A Frio Versus Forjamento A Quente

Forjamento A Frio Versus Forjamento A Quente
Considerações, Benefícios e Desvantagens

O forjamento é um processo de fabricação que molda uma peça de trabalho aplicando forças compressivas sobre ela. De acordo com a temperatura em que é realizada, o forjamento é classificado em “quente”, “morno” e “frio” e as configurações mais comuns usam martelos ou prensas para espremer e deformar o material em peças de alta resistência.

É essencial notar que o processo de fabricação do forjamento é completamente diferente do processo de fundição, onde o material fundido é despejado em um molde. Outra diferença significativa para os outros métodos de fabricação como fundição e usinagem é que o forjamento melhora as propriedades mecânicas do material refinando sua estrutura de grãos e tornando-a mais resistente e mais forte.

Forjamento a Frio

Processo de fabricação de forjamento a frio O processo de fabricação de forjamento a frio é realizado à temperatura ambiente. A peça de trabalho é espremida entre duas matrizes até que ela tenha assumido sua forma. Para entregar um componente acabado, pronto para encaixar, a técnica inclui rolagem, desenho, prensagem, rotação, extrusão e rumo.

Benefícios de forjamento a Frio

Os fabricantes podem preferir o processo de forjamento a frio; já que as peças forjadas a frio requerem muito pouco ou nenhum trabalho de acabamento, o que economiza custos. A segunda vantagem significativa é a economia de material obtida por meio de formas de precisão. As vantagens econômicas combinadas com altas taxas de produção e vida útil longa são mais que suficientes para convencer muitos fabricantes de que o forjamento a frio é a melhor opção para eles.

Desvantagens de forjamento a Frio

Dependendo dos requisitos do fabricante, algumas das características do forjamento a frio podem gerar desvantagens; por exemplo. Apenas formas simples em grandes volumes podem ser moldadas. Portanto, se o cliente estiver procurando por um componente personalizado específico, o forjamento a frio não será a melhor alternativa. Uma segunda desvantagem mais significativa é que os metais forjados a frio são menos dúcteis, o que os torna inadequados para certas configurações. Além disso, devido à estrutura de grãos que dá ao material sua resistência, pode ocorrer estresse residual (como fraturas por excesso de dureza).

Forjamento a Quente

 

Processo de Fabricação a Quente

O processo de fabricação de forjamento a quente é realizado a temperaturas extremamente altas (até 1150 ° C para aço, 360 a 520 ° C para ligas de alumínio, 700 a 800 ° C para ligas de cobre). Esta temperatura é necessária para evitar o endurecimento por tensão do material durante a deformação.

Vantagens de forjamento a Quente

Componentes forjados a quente possuem maior ductilidade, o que os torna desejáveis ​​para muitas configurações. Além disso, como técnica, o forjamento a quente é mais flexível do que o forjamento a frio, já que peças customizadas podem ser fabricadas. A excelente qualidade de superfície permite uma ampla gama de trabalhos de acabamento como polimento, revestimento ou pintura, adaptados às necessidades específicas dos clientes.

Desvantagens de forjamento a Quente

Tolerância dimensional menos precisa é uma possível desvantagem dos componentes forjados a quente em comparação com os forjados a frio. O processo de resfriamento também deve ser realizado sob condições especiais; caso contrário, existe o risco de deformação. Além disso, a estrutura de grãos dos metais forjados pode variar e há sempre a possibilidade de reações entre a atmosfera e a peça de trabalho.

Forjamento a Quente Versus Forjamento a Frio:

Conclusão A principal diferença entre o forjamento a quente e a frio pode ser resumida da seguinte forma: O processo de fabricação a frio do forjamento aumenta a resistência de um metal através do endurecimento por tensão a uma temperatura ambiente. Pelo contrário, o processo de fabricação de forjamento a quente mantém os materiais de endurecimento por tensão a alta temperatura, o que resulta em força de rendimento ótima, baixa dureza e alta ductilidade. Finalmente, um fabricante escolheria um processo sobre o outro por razões econômicas e não de qualidade. A decisão é baseada nas funções requeridas do componente desejado, na indústria e se é uma produção em massa ou um baixo volume de peças customizadas. A Setforge fornece forjamento a frio e a quente, ambos executados em excelentes condições com maquinário de última geração para resultados perfeitos. Trabalhamos de perto com nossos clientes para entender suas necessidades específicas e encontrar a melhor solução possível.

BLOG AR AÇOS ROMAN

Bem vindo ao nosso Blog. Aqui você encontra novidades, informações e artigos sobre a Aços Roman e o GRUPO A.R.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×